Salomé! - Laço das Flores

24 de abril de 2019

Salomé!

A resenha de hoje será sobre o livro Salomé, ele tem seu fundamento nas crenças da religião espirita, e toda a história foi psicografada pelo espírito denominado de Lucius, quero deixar claro que não estou aqui para impor um pensamento e nem discorrer sobre o espiritismo, essa religião sofre muito preconceito, pela falta de conhecimento, não a sigo, mas acredito em muito dos seus fundamentos, digamos assim; Então tentarei ser mais cuidadosa possível.



Pra você que como eu, tem identificação pelo Espiritismo e gostaria de saber mais sobre como funciona o outro lado rsrs, esse livro é ideal, você passa a aprender muitas coisas, como: a questão do karma, o porque de por exemplo você ter a vida que você tem, o porque das suas vivências, até o motivo pelo qual você nasce em determinado lugar, a importância de seguir em frente,  si perdoar e perdoar os outros, emfim, tudo tem um proposito e um porque, ou você acha que nasceu filho (a) da sua mãe e do seu pai especificamente por um acaso?!


Sinopse:



Entre o velho e o novo mundo, surge uma mulher diferente. São chegados os tempos de regeneração da Terra. Com uma narrativa intensa e contagiante, Salomé entrelaça a história de vários personagens na trama que se desdobra a partir do encontro casual entre Laila – uma adolescente do Afeganistão – e Rafaela – uma bem-sucedida jornalista brasileira. Nasce entre elas uma amizade que mudará muitas vidas. A Terra enfrenta a escassez do amor que se expressa em indiferença, violência e desatinos por toda parte. Angústia indecifrável assola em especial as mulheres, que, a despeito de tantas conquistas importantes, ainda sentem que algo lhes falta. A vida, por vezes, parece sem encanto. O romance envolve o leitor do princípio ao fim, ampliando o entendimento sobre o feminino e seu papel na edificação da nova era à luz do Espiritismo. Com o mundo novo, uma nova humanidade. Surge uma mulher diferente, que encanta pela maneira como transforma a realidade. Uma força que deixa rastros de suavidade e ternura. Uma história de mulheres em busca da felicidade



Curiosidade:

O Livro cita a questão do feminismo, que na verdade tentamos se igualar aos homens, enquanto não nos damos conta de que um complementa o outro, o homem tem seu jeito agressivo e violento de resolver as coisas, de lidar com as dificuldades, no seu dia a dia, e a mulher é dominada por seu jeito doce, delicado, que sabe como ninguém colocar amor em tudo, O livro não é contra o feminismo em si, mas faz uma reflexão que estamos perdendo o nosso lado feminino de dar amor ao mundo, para vivermos de um a maneira louca e agressiva igual aos homens.

A história dos personagens é narrada mostrando a vida passada e a sua vida atual, e também seus encontros com o mundo espiritual para entender melhor o seu proposito na terra.

Em algumas partes do livro a medida que a história ia se desenrolado me arrepiava inteira com as descobertas hahaha, eu adorei o livro, como disse dá para aprender e  questionar várias coisas, porém tem uma parte que é muito "palestrante", o que torna a leitura um pouco entediante, pelo menos pra mim, eu gosto de ler uma história mais discorrida, outra coisa é que sentimos a necessidade de saber o que acontece com os personagens, por que a história vai mudando e coisas acontecendo, o que quero dizer é que o livro não acaba com um mistério desvendado ou com a morte de alguém, ele acaba com as histórias ainda vivas, não sei se estou sendo Clara, porque não quero dar spoiler hahaha, mas as histórias ainda continuam e tive a curiosidade de saber o que aconteceria depois.

Nenhum comentário:

Postar um comentário